A aula inaugural do curso para discutir os impactos do processo de escravização dos africanos para a população negra na contemporaneidade: “130 Anos da Abolição Tardia – porque é importante falar sobre a garantia de direitos à população negra”, nesta quinta-feira (17), no Adamastor Centro, contou com a participação de, aproximadamente, 100 pessoas. Uma iniciativa da Prefeitura de Guarulhos, o curso foi preparado pela Subsecretaria da Igualdade Racial (SIR), vinculada à Secretaria de Assuntos Difusos (SAD).

Em comemoração aos 130 anos da Lei Áurea, promulgada em 13 de maio de 1888 e que decretou a abolição da escravatura no Brasil, o curso propõe discussões sobre o racismo, suas bases históricas, os indicadores sociais que retratam as desigualdades raciais e o encarceramento da população negra.

A aula foi ministrada por Deise Benedito, militante do Movimento Negro, Especialista em Direitos Humanos, assessora técnica e integrante do Ministério de Direitos Humanos, que iniciou sua explanação registrando respeito pelos povos indígenas, primeiros povos explorados e torturados por castigos pesados. De acordo com Deise, os indígenas chegaram antes dos africanos e é difícil encontrar registros de conflitos entre eles. “O processo de escravismo foi marcado por muita tortura e intolerância, inclusive religiosa”, disse.

O subsecretário Anderson Guimarães (Igualdade Racial), disse que o curso foi idealizado com o propósito de proporcionar um novo olhar sobre a sociedade brasileira em geral. “Precisamos entender que essa estrutura hierarquizante é fruto de uma construção histórica. Precisamos entender por que a cada dez jovens mortos, sete são negros. Por que o Brasil é o país que mais mata LGBT e as mulheres negras são as que mais sofrem mais violência? Visitar esses 130 anos é importante para entender o pensamento do movimento negro”, afirmou Guimarães.

Programa

O curso tem mais quatro encontros e acontecerá das 19h às 22h, no Adamastor Centro, na avenida Monteiro Lobato, 734, no Macedo. Confira a programação:

23/05 - Marcos dos Direitos Humanos, com Indyamara Massaro, bacharel em Relações Internacionais, mestranda em Resolução de Conflitos Internacionais e integrante da Subsecretaria da Igualdade Racial.

07/06 - Trajetória Sócio-histórica da população negra no Brasil, com a mestre Mabel Assis, doutoranda em Antropologia pela PUC, professora universitária, assistente social e integrante da Subsecretaria da Igualdade Racial.

14/06 - Legislação e Políticas Públicas de enfrentamento ao racismo, com Greice Oliveira, assistente social, especialista em Gestão de Políticas Públicas pela Unifesp e integrante da Subsecretaria da Igualdade Racial.

21/06 - Aula de Encerramento - Contextos contemporâneos e agravamentos do racismo e xenofobia, com o professor Dr. Cléber Santos Vieira, da Unifesp.